Aqui você saberá mais detalhes desse caso que abalou o Brasil em 1989










Blog criado para divulgar este caso que com o passar dos anos acabou sendo "esquecido". Maristela foi friamente assassinada pelo ex marido que também atirou contra os 2 filhos do casal e o cunhado em 04/04/1989. Depois de mais de 21 anos de espera na justiça, o caso foi à juri popular no dia 01/06/2010 em Jaboatão dos Guararapes, PE.O assassino foi condenado a 79 anos, ficou foragido por 2 anos e 5 meses, e graças a uma denúncia anônima foi capturado e preso em outubro de 2012.

A foto original

José Ramos Lopes Neto com a filha Nathália

7 comentários:

Anônimo disse...

Me solidarizo com a familia, senti de perto todo o sofrimento de D. Dirce, Sr. Zaldo, e minha querida amiga Marcia Just. Podem contar com minha presença nesse julgamento tão atrasado. Mas enfim que finalmente venha a justiça tão esperada. Torço por isso. Mônica Carvalho

Anônimo disse...

Espero que finalmente a justiça seja feita, mesmo que tarde...mas Deus não falha!!!Chegou a hora!!!
Conte comigo p/ divulgar o caso...
Juliana Portella.

Anônimo disse...

Contem conosco. Felizmente somos uma família bastante unida e estaremos todos juntos quando finalmente a justiça se realizar.

Andrea disse...

Me solidarizo juntamente com toda a familia Just e com a sociedade, que se sente triste e invadida e também vítima deum crime bárbaro como este. Torco para que os filhos da Maristela,Natalia e Zaldo, consigam realizar todos os seus sonhos, sigam suas vidas com muita fé e forca, pois o fato deles terem sobrevivido foi um mlagre, que, com toda certeza, a maezinha deles ajudou a ser concebido para que eles pudessem viver e serem felizes, apesar de tudo e procurando que a justica dos homens seja feita, já que da de Deus este assassino nao conseguira ficar impune. O meu abraco a voces, que nao conheco pessoalmente, e a minha total solidariedade. Abracos a toda familia e sigam com muita forca.

Adna Araújo disse...

Sou de Paulo Afonso/Ba, estudei no Recife e não me lembrava mais deste caso! Sou uma pessoa muito triste com a impunidade e morosidade na Justiça deste País, onde só os pobres, pretos e prostituitas tiram cadeia nesse Brasil e quem tem dinheiro e advogados influentes saem ilesos de seus crimes monstruosos e ainda tem direito a celas especiais; Nós povos brasileiros vamos nos lembrar disso nas urnas com esses Politicos que sobrevivem as nossas graças com dinheiros e poderes; esse caso tem um pouco de semelhança ao de Isabella Nardoni; chega de impunidade nesse País, Bandido é bandido, assassino é assassino independente de CLASSES ou situações financeiras, essa história de que não podem ter provas para incriminar a si mesmo ou podem mentir até tirar o fim da pena é história para BOI dormir; são regalias que tem que serem cortadas; Isso tem que acabar nesse País i nós vamos chegar lá com JUSTIÇA CERTA e JUSTA para todos nesse País, sejam ricos ou pobres a JUSTIÇA tem que ser sem medidas para todos, julgados SIM, as diversidades de atos e os seus efeitos nos seres humanos e na sociedade.....

Anônimo disse...

Vem cá, só uma pergunta: ela realmente disse ao cara que ele nasceu para ser corno?

Anônimo disse...

Você realmente acha isso? Claro que não né!! Você não faz idéia das barbaridades que a defesa de José alegava pra "justificar" o ocorrido! Uma delas é que os tiros só pegaram nas crianças porque estavam próximos da mãe! (Cada filho num canto diferente do quarto)...Não se pode acreditar no que diz a defesa de um assassino CONFESSO! Muito menos no velho safado do pai dele... Autor dessa frase caluniosa.

Você se lembra deste caso?